Programa radiofónico Longo Curso Estrada Fora

Programa Longo Curso Estrada Fora, na RQC Radio Quinta do Conde

        Desde 16 de maio de 2016, o Longo Curso Estrada Fora, que foi criado em 2010 no formato "Blogue" e em 2012 em Facebook, é agora também um programa de radio online, destinado a todos profissionais do volante.
         Uma aposta da Direção da Rádio Quinta do Conde, num programa único neste momento em Portugal e raro nesta Europa, destinado a esses homens e mulheres esquecidos, desprezados, mal compreendidos e até mal tratados psiquicamente, não obstante serem eles que põem na nossa mesa tudo o que consumimos diariamente.
          O programa Longo Curso Estrada Fora, conduzido por um antigo camionista, (Luís Braz) com uma experiencia de cerca de 40 anos por estradas da Europa, traz diariamente entre as dez e o meio dia, de segunda a sexta feira ao conhecimento público, os "bastidores" desta importantíssima classe profissional!
         Aqui ouvimos desabafos, e ficamos a conhecer muita falsidade e pressão com que esses profissionais são "obrigados" a lidar diariamente! Tendo que carregar, conduzir, vigilar e descarregar o que transportam. Perseguidos e pressionados pelo patrão, pelo cliente, pela polícia, e assaltados pelos ladrões, os camionistas de hoje, trabalham debaixo duma pressão tremenda, que os leva para a estrada fazer uma condução, que é tudo menos passiva, tranquila e segura!
        O programa Longo Curso Estrada Fora, está a ter uma aceitação e é já um êxito entre a classe dos profissionais do volante, por ser um programa feito por quem conhece os seus problemas, e é ao mesmo tempo a sua voz.
        Em nome de toda esta classe profissional, dizemos: OBRIGADO RQC Radio Quinta do Conde.
        Pode acompanhar os programas da RQC em:
        http://player.radioqc.com/
        http://www.radioqc.com/
        https://www.facebook.com/radioqc

Programa radiofónico "Longo Curso Estrada Fora", já é uma realidade.

Programa radiofónico "Longo Curso Estrada Fora", já é uma realidade.
Desde a Vila de Quinta do Conde - Sesimbra - Setúbal - Portugal, emitimos online para todo o Mundo na RQC Radio Quinta do Conde. http://www.radioqc.com/  http://player.radioqc.com/ Programa radiofónico, Longo Curso Estrada Fora de segunda a sexta entre as dez e o meio dia, com Luís Braz

PORTAGENS NA BÉLGICA

 PORTAGEM NA BÉLGICA A PARTIR DE 1 DE ABRIL DE 2016


A atual vinheta será válida até 31 de março de 2016. A partir de 1 de abril, os camiões com peso bruto igual e superior a 3500 quilos, estão sujeitos a pagamento de portagem.
Os preços por quilómetro variam consoante o peso e grau de emissão do veículo, e vão de 0.074 € a 0.292€. Exemplo: Um 40 t Eur 4, pagará de Valenciennes (F) a Aachen (D) 33.66 €.

    para mais informações, Consulte aqui

      Existem já disponíveis dois aparelhos (OBU) controlados por satélite o “Satellic” válido unicamente para o sistema Belga cujo custo é de 135€ à guisa de caução. veja aqui o vídeo legendado em português   O “Uta Multibox” “Viaxxès Sat” compatível com 5 sistemas europeus, entre estes o Português, e que será alugado.


veja aqui o vídeo legendado em português

Atenção: as multas por falta de pagamento começam em 1000€
  

                    TACÓGRAFOS INTELIGENTES

    O cerco aos manipuladores de tacógrafo está a apertar!

(7)
  A utilização de tacógrafos ligados a um sistema global de navegação por satélite é uma forma adequada e eficiente, em termos de custos, de registar automaticamente a posição do veículo em certos pontos durante o período de trabalho diário, a fim de auxiliar os agentes de controlo no desempenho das suas funções e, como tal, deverá ser prevista.

                          REGULAMENTO (UE) N.o 165/2014 DO PARLAMENTO EUROPEU
                          de 4 de fevereiro de 201

                                                                                                   Estão a chegar os
     Clique e leia o as previsões deste regulamento: TACÓGAFOS INTELIGENTES


O artigo do regulamento (Lei) é um pouco extenso, mas vale a pena gastar um pouco de tempo e ler.

 Por
Luís Braz

Os camiões e a sinistralidade rodoviária

                Os camiões e a sinistralidade rodoviária

 
 
 
 
     Quando um veículo industrial (camião) é envolvido num acidente, arrastando outros veículos ou não, pouco ou nada se averigua das causas primeiras que deram origem aos mesmos.
     Muitos desses aparatosos e nefastos acidentes, são causados devido à pressão psicológica negativa a que esses imprescindíveis profissionais são submetidos!
     Na ilustração em vídeo https://youtu.be/BESm9jwd0q0 da entrevista que acompanha este artigo, encontramos uma ínfima parte, da realidade que está por detrás de motoristas de muitas empresas de camionagem!
     Está mais que na hora de se fazer algo, para assim prevenir desgraças que podem ser causadas por situações que são descritas na entrevista.
      Práticas fraudulentas utilizadas, tais como a utilização de ímanes (material ferromagnético) para traficar o sistema de controlo (tacógrafo ou caixa negra), fazendo assim trabalho extra sem ser registado, utilizar discos com nomes fictícios, cartões de condutor de mecânicos ou outro pessoal não afecto à profissão, ou até cartões falsificados. Muitos patrões "obrigam" os seus motoristas a estas e outras práticas ilegais!
     Não é difícil detetar estas situações, se as autoridades quiserem meter mãos à obra, infiltrando-se no esquema, tal como o fazem com outros tipos de crime, tendo em conta que estes crimes, prejudicam muito mais gente, desde a concorrência desleal e selvagem para com aqueles que cumprem ou tentam cumprir, até aos graves acidentes provocados!
     Uma outra situação que provoca um tremendo desgaste psicológico nos camionistas, é o tempo de espera, impaciência, e desrespeito para com eles, nos armazéns (Base) de certas grandes e medias superfícies comerciais. O camionista quando entrega produtos nesses armazéns, parece estar a dever um grande favor, sendo tratado por vezes a baixo de cão (que me perdoem os animaizinhos).
Aí, é obrigado ele mesmo a descarregar a mercadoria, sendo-lhe imputada toda a responsabilidade por eventuais danos provocados na mercadoria ou nos utensílios de descarga; porta-paletes, paletes etc. etc. Depois,  para ser conferida a mercadoria e tudo o resto, vai esperar novamente pelo eventual mau humor do funcionário, e do patrão ou do cliente seguinte que xingam e reclamam do atraso!
   
     Depois de tudo isto que descrevi, como achais que se encontra o estado de animo dum profissional do volante que afinal é um escravo faz-tudo?! Em que condições psíquicas vai ele conduzir um veículo de 17 ou mais metros e 44  ou mais toneladas?!
 
     Sabíeis disto? Pois é; compramos produtos por vezes em promoção ou muito baratos, mas quem pagou parte desse baixo custo foi o camionista com o seu corpo que em vez de repousar os teve de descarregar e arrumar!
    
      Pode um condutor cansado e stressado ter condições psíquicas para seguir com o camião?
      Não, mas é obrigado a isso, porque ninguém o compreende nem o defende.
      Lembremos-nos que tudo o que consumimos, é transportado num camião, por isso devemos imenso respeito a estes imprescindíveis profissionais.

                          Luís Braz


 

Proibido Trabalhar

Reportagem da SIC

(Com o devido respeito)

Parece absurdo mas é triste realidade

 
video
 
Depois de vermos esta reportagem da SIC em Vilar Formoso (Muito obrigado SIC), pedimos a estes ou outros repórteres que acompanhem neste caso, a situação física e psíquica dum motorista que sendo obrigado a parar durante o dia, muitas vezes sem condições nem lugar para a sua higiene pessoal etc., vai fazer um trabalho que podia ter sido executado tranquilamente durante o dia, e que agora o tem que fazer durante a noite. Ficarão surpreendidos!
Esta proibição e a forma como é feita, a nosso ver, visa prejudicar os camionistas e as empresas portugueses. Veja-se que se proíbe em direção a Burgos, mas se for para outras direções, já não é assim, pudera, nessas outras direções, circulam os espanhóis!
Fala-se agora muito no stress dos pilotos aéreos e da sua consequência; ainda não ouvi ninguém falar sobre o stress a que os camionistas são diariamente submetidos, incluindo a situação objeto desta reportagem da SIC.

DESABAFO DUM MOTORISTA DE PESADOS

         DESABAFO DUM MOTORISTA DE PESADOS

 

                         Condições psíquicas dum motorista de pesados

 
 
             Fala-se agora muito das condições psíquicas dum piloto de avião, devido ao crash do Airbus da German Wings.
 
video
                                            Ninguém nem nenhuma Autoridade Nacional para a Segurança  Rodoviária de qualquer país, se preocupa com as condições de trabalho e de "stress" a que os motoristas de grandes veículos industriais (camiões) são submetidos constantemente, e em que condições físicas e psíquicas conduzem essas "bombas" com que todos nós convivemos diariamente e por todo o lado! O vídeo Feito por um motorista de pesados que vos trazemos hoje, é um desabafo que dá voz a esta classe.
 
            O que aparenta ser legalidade nesta classe e em algumas empresas de transporte, não passa disso mesmo: fachada/aparência, para leigo e Autoridade ver ou fingir ver!
 
Agradecemos ao Paulo Rodrigues, este "DESABAFO"
Longo Curso Estrada Fora